Solicite já uma proposta de crédito através do site CDC!

CDC – Crédito Direto ao Consumidor: Dinheiro liberado na hora, sem necessidade de comprovação de gastos ou justificativas.

O CDC é um recurso interessante para quem tem um rendimento estável. Sendo um empréstimo pré-aprovado, vem sendo muito procurado, porque pode ser acessado pelos correntistas de um banco sem burocracia. O dinheiro é liberado na hora, sem necessidade de se apresentar comprovação de gastos ou justificativas.

Atualmente o CDC é utilizado para a compra de automóveis, pela facilidade de contratação e pelas taxas menores de juros cobradas. Há uma tabela para o pagamento com parcelas fixas e juros pré-fixados. O valor a ser contratado e o valor das parcelas pode ser simulado através da Internet. Após escolher o plano adequado, basta confirmar a opção do crédito e validar a operação em um caixa eletrônico.

O CDC – Credito Direto ao Consumidor – é indicado para pessoas físicas e oferecido aos clientes correntistas de um banco como parte de um pacote de serviços, com limites já pré-aprovados em função do rendimento mensal comprovado no cadastro do cliente.

Os valores autorizados costumam ser inferiores a outros tipos de empréstimo, geralmente em torno de R$ 15.000, com prazo para pagamento de até 36 meses. As taxas de juros variam de acordo com a instituição financeira. Na Caixa esse valor varia de 3,4% a 4,3% ao mês, para um prazo máximo de pagamento de 24 meses. No Banco do Brasil as taxas variam entre 4,9% a 5,35 ao mês. O que não deixa de ser vantajoso se comparadas às do cheque especial, de 8,3% ao mês e às dos cartões de crédito, de 11% a 12% ao mês. Em outros bancos o prazo de pagamento pode ser de até 36 meses.

O CDC elimina, além da burocracia, as entrevistas com o gerente. Isso faz com que seja conseguido com muita rapidez e o torna bastante atrativo. Em muitos casos ele é utilizado para a compra de utensílios domésticos, aparelhos eletrônicos, computadores, etc., por oferecer taxas de juros menores. O CDC pode ter suas últimas parcelas pagas antecipadamente, o que as libera dos juros que seriam atribuídos.

O CDC também pode ser utilizado para o financiamento da entrada do pagamento de casa própria, complementado por outro tipo de empréstimo. O valor das prestações deve ser somado ao valor das parcelas do financiamento, o que exige um bom planejamento financeiro.

Os riscos que cercam um crédito facilitado como o CDC só existem quando não há uma previsão adequada dos gastos mensais, quando existe algum imprevisto que altera o equilíbrio das contas a pagar. O orçamento doméstico com despesas e receitas mensais deve ser supervisionado para que seja um instrumento que de auxílio, que evita surpresas desagradáveis no futuro.

Em casos de imprevistos, quando surgem os apertos financeiros, uma solução rápida pode ser o empréstimo pré-aprovado. O importante é saber calcular o quanto se pode pagar mensalmente, sem que esse valor ameace os gastos essenciais.

É possível fazer uma simulação comparativa com mais de um banco, para encontrar o produto que oferece melhores condições. Em todos os casos, o CDC deve ser acionado quando suas taxas de juros forem menores do que as cobradas pelo comércio e em casos em que realmente se precisa dele, porque durante dois ou três anos a parcela mensal será debitada automaticamente da conta corrente, limitando a liberdade financeira para outros passos e investimentos. Pensar antes de contrair uma dívida é ser prudente. Mas se existir a necessidade, o CDC é um grande produto, prático e ágil, para facilitar a vida do consumidor.